Agenda Cultural Sindifisco DS/RN

Fim de semana chegando e que tal conhecer o que a nossa capital oferece? O Teatro Riachuelo apresenta hoje às 21h a comédia “Como ter sexo a vida toda com a mesma pessoa”. O espetáculo que completa 02 anos em cartaz na cidade de São Paulo tem a forma de um seminário, aonde a atriz Tania Bondezan conduz a plateia/participantes numa divertida, porém instrutiva dissertação sobre a difícil arte de conviver, e, sobretudo, “ter sexo a vida toda com a mesma pessoa”.

Foto: Teatro Riachuelo

Foto: Teatro Riachuelo

Amanhã no mesmo horário o Riachuelo recebe em seu palco o grupo “Os Originais do Samba” trazendo o melhor do samba carioca.

Foto: Teatro Riachuelo

Foto: Teatro Riachuelo

Mas se você prefere o bom e velho Forró, nesta sexta às 22h, acontece aqui mesmo na ribeira o “Catita no Rojão” no espaço “Buraco da Catita”. O Catita no Rojão é um grupo que canta e toca o verdadeiro forró, baião e xote, interpretando, sempre, uma safra de compositores importantes para a música produzida no Brasil. O Rojão nos brinda com um repertório dos clássicos do baião, xote e forró pé de serra, dos mais diversos autores: de Luiz Gonzaga a Jackson do Pandeiro, passando pelo Trio Nordestino, Dominguinhos, Nando Cordel, Maciel Melo, Petrucio Amorim, Elino Julião, e muito mais.

Foto: Telepesquisa

Foto: Telepesquisa

Natal recebe este fim de semana a banda cover “BEE GEES ALIVE”, a primeira banda brasileira a divulgar e interpretar o trabalho dos “BEE GEES” com uma performance impecável. O show acontece às 21h desta sexta e sábado no Teatro Alberto Maranhão.

Foto: Telepesquisa

Foto: Telepesquisa

E no domingo o TAM apresenta o espetáculo “Dora a Aventureira” às 17h, o divertido musical é inspirado no desenho animado da personagem e voltado para toda a criançada (menores de 12 anos só entrarão acompanhados de seus responsáveis).

Foto: Telepesquisa

Foto: Telepesquisa

E pra fechar com chave-de-ouro a Casa da Ribeira apresenta durante todo o fim de semana a “Tropa Trupe – A Lenda do Trapezista Cego”. A obra foi concebida em parceria da Tropa Trupe com a Companhia Internacional Sin Plugares, a partir das afinidades entre o grupo brasileiro e o diretor argentino Walter Velázquez. O ponto de partida para a criação do roteiro foram os contos e causos vividos e contados sob a lona que por anos serviu de sede do grupo potiguar, após pertencer a outras companhias Rio Grande do Norte e acumulou muitas histórias. Uma delas foi a morte de um trapezista que enxergava muito pouco, pertencente à tradicional família circense potiguar do Circo Saturno, que serviu de inspiração para a trama.

Foto: Casa da Ribeira

Foto: Casa da Ribeira

No espetáculo, essa inspiração se transforma na história do único trapezista cego do mundo, que morre durante um incêndio no circo, provocado por um raio que atingiu a lona. Os únicos sobreviventes da tragédia são o palhaço – melhor amigo do trapezista -, e o mágico, que, ao ver saber do incêndio, se ‘esconde’ em seu espelho ‘mágico’, onde fica preso. Juntos, eles prometem trazer de volta a alegria e o público ao circo.
Engana-se quem pensa que esta é uma história trágica. É que, para cumprir com a promessa, a dupla enfrenta aventuras diversas como as tentativas de libertar o mágico do espelho, conversas com os fantasmas de personagens como o domador, a mulher barbada e o trapezista. No espetáculo, as técnicas de clowns e do circo tradicional se fundem, permeadas pelo humor e irreverência característicos da Tropa Trupe.
“Nossa proposta é divertir e ao mesmo tempo provocar uma reflexão”, afirma Rodrigo Bruggemann, um dos fundadores da Tropa Trupe. “A morte não precisa, obrigatoriamente, significar o fim de tudo. A ideia é recomeçar a partir dela”, completa. No espetáculo, ele divide o palco com Gabriel Rodriguez e Wendel Gabriel, interpretando, cada um, três dos nove personagens do espetáculo.
Sexta e sábado as apresentações ocorrem às 20h e no domingo às 19h. A partir de amanhã às 16h os ingressos estarão à venda no local.

O Sindifiscorn deseja a todos um ótimo fim de semana!