Agenda Cultural Sindifisco DS/RN

Fim de semana chegando e que tal conhecer o que a nossa capital oferece? O Teatro Riachuelo apresenta nesta sexta-feira, Ivan Lins E Leila Pinheiro às 21h. O roteiro trará sucessos de Ivan, como “Dinorah, Dinorah”, “Lembra de mim”, “Vitoriosa” e “Iluminados” (parcerias com Vitor Martins) e músicas que conquistaram o país na boca de Leila, entre elas “Cata-vento e girassol” (Guinga e Aldir Blanc), “Verde” (Costa Netto e Eduardo Gudin) e “Besame” (Flávio Venturini).

Foto: Teatro Riachuelo

Foto: Teatro Riachuelo

Também nesta sexta o “Buraco da Catita” apresenta às 22h, um lindo tributo à Cartola, com o grupo “Mosaico”. O espaço fica localizado na Rua Câmara Cascudo, 95, Ribeira, e os ingressos custam apenas R$ 15,00.

Foto: Telepesquisa

Foto: Telepesquisa

O sábado começa muito animado na Árvore de Mirassol! Às 17h malabares, palhaços e pernas de paus colorem a sua tarde com a arte circense, e em seguida, às 19h haverá o show gratuito do grupo “Choro Bom”.

Foto: Telepesquisa

Foto: Telepesquisa

Saindo de Mirassol ainda dá tempo de passar no Teatro Riachuelo e curtir “E Foram Quase Felizes Para Sempre”. Exibida às 21h30 é o primeiro monólogo escrito e encenado pela atriz Heloisa Périssé, é uma peça sobre a noite de autógrafos da escritora Letícia Amado. Ela viajou um ano e meio, atrás dos melhores resorts, melhores praias, melhores hotéis para que as pessoas pudessem viajar com seus amores e curtir uma lua de mel inesquecível. Só que durante o período da procura, por conta de suas diversas viagens, ela se separa do marido, e no dia da sua tão esperada noite de autógrafos, onde ela finalmente está lançando seu livro, CANTINHO PRA DOIS, vê o ex-marido beijando uma nova namorada. E agora? Casa cheia, o livro prometendo ser um sucesso retumbante e Lele na pista de novo! Ela não vai nem poder usar o próprio livro que escreveu. Vai para o “cantinho pra dois, com quem?” Mas durante a peça, ela confessa que sempre teve um relacionamento muito conturbado com Paulo Vitor. E nessa peça “desabafo”, onde ela vai contar suas desventuras, muita gente vai acabar se identificando. Bom, a identificação pode ser para algumas pessoas, mas a diversão vai ser geral.
Essa não é a primeira vez que a atriz se aventura a escrever e, desta vez ela fala sobre relacionamentos, trabalho, problemas que estão presentes na vida de todas as pessoas, colocando em questão a instituição do casamento. Tudo isso, é claro, com um olhar bem humorado. Seu texto gera uma identificação imediata em todos os casais, sejam eles bem ou mal sucedidos.

Foto: Teatro Riachuelo

Foto: Teatro Riachuelo

E por fim também no Riachuelo, o domingo é tomado pelo “Sem Censura”, stand-up comedy apresentado por Sérgio Mallandro às 20h30.

Foto: Teatro Riachuelo

Foto: Teatro Riachuelo

O Sindifisco Nacional deseja a todos um ótimo fim de semana!