Dia Nacional da Consciência Negra

Foto: Blog - Sala de Leitura

Foto: Blog – Sala de Leitura

Em vinte de novembro comemora-se no Brasil o Dia da Consciência Negra, data que tem grande significado para a população afro-brasileira. Foi nesse dia que morreu Zumbi dos Palmares, o líder do mais populoso quilombo da América Latina – o Quilombo dos Palmares. Nesta verdadeira cidade viveram cerca de 20 mil pessoas, assassinadas por tropas governamentais um ano antes da morte do herói negro, ocorrida em 20 de novembro de 1695. A data, consolidada por esforço do Movimento Negro Brasileiro e reconhecida pelo governo brasileiro, entrou para o calendário nacional, tendo Zumbi como referência da luta e resistência dos negros escravizados no Brasil, bem como da luta por direitos reivindicados por seus descendentes até os dias atuais, e sendo tratada como Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra.

Aparentemente uma data de cunho apenas histórico, o Dia Nacional da Consciência Negra, tem como objetivo a cada ano estreitar as barreiras do preconceito racial e também cultural, em relação às nossas origens africanas. Durante a XX CIENTEC 2014 a UFRN apresentou um grande Stand voltado apenas para a cultura religiosa africana, desmistificando a Umbanda, e quebrando alguns paradigmas sobre Afro-cultura, que faz parte das nossas raízes e deve ser respeitada assim como tantas outras etnias que nos formam como sociedade cultural.
Para entender mais sobre esta data histórica acesse:

http://www.sindifisco-rn.org.br/2013/11/20/qual-a-origem-do-dia-da-consciencia-negra/